Toda noiva tem um vestido dos sonhos. Mas guardá-lo para sempre, só na lembrança, filmes e fotografias. Há alguns anos a tendência é alugar um vestido, que pode estar pronto ou ser costurado sob medida, como sempre se desejou, e devolver depois. "São raros os casos em que as noivas ficam com os vestidos.

Geralmente não se tem onde guardar e não se vai fazer mais nada com ele", comenta a empresária Valesca Lima, que comanda uma equipe de costureiras no Rio de Janeiro. Ela explica que as noivas devem encomendar seus vestidos com pelo menos três meses de antecedência, mas que em casos de emergência e dependendo do modelo, em um mês a peça está pronta.

Os vestidos são cortados, montados e a noiva faz de quatro a cinco provas durante sua confecção. A última prova é feita uma semana antes do casamento para os ajustes finais. Pois a ansiedade e a correria podem fazê-la engordar ou emagrecer. Dois dias antes do casamento ele é entregue.

Valesca comenta que as noivas já chegam na modelista com uma idéia bastante amadurecida, mas confessa que muitas mudam de idéia ao ver uma foto ou modelo diferente. A moda agora são os modelos tomara-que-caia, mesmo com a chegada do frio. As saias evasée também. Mas tem noiva que ainda sonha e prefere uma saia "bolo de noiva". Talvez a mudança de preferência, traga de volta as longas caudas....


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar