Olá, querida noiva!

Na semana passada, eu falei sobre o casamento ortodoxo, um emocionante ritual de origem bizantina, comum entre os gregos e os russos. Hoje, vou detalhar a cerimônia católica apostólica romana.

Você pode escolher uma igreja ou uma pequena capela, dependendo do tipo de cerimônia e número de convidados. Mas o casamento só poderá ser realizado depois dos proclamas. É a comunicação obrigatória que o padre faz por três domingos sucessivos durante a missa na paróquia à qual pertencem os noivos.

A celebração poderá ser realizada dentro dos três meses seguintes, caso não apareça nenhuma objeção. Outra exigência é o curso de noivos, realizado conforme as regras de cada paróquia, e, ainda, a apresentação da certidão de batismo de ambos.

Existem duas formas para o ritual de entrada do noivo, dos pais e dos padrinhos na Igreja: pelas laterais do altar ou pela nave central da igreja, num solene cortejo.

Se a opção for pelo cortejo, a ordem de entrada será a seguinte: noivo com a mãe do seu lado esquerdo (a mulher sempre deve se posicionar do lado esquerdo do homem); pai do noivo com a mãe da noiva; um casal de padrinhos do noivo; um casal de padrinhos da noiva; outro casal de padrinhos do noivo, depois outro casal de padrinhos da noiva, até acabarem todos.

A família dos noivos será distribuída em cada um dos lados do altar. O noivo, sua mãe e seus padrinhos ficam do lado direito de quem entra na Igreja, enquanto a mãe da noiva e seus padrinhos ficam do lado esquerdo. Após o posicionamento no altar, as mulheres ficam à direita dos homens. O pai do noivo fica ao lado da mãe da noiva até a chegada do pai da noiva no altar.

As damas e pajens (ou apenas uma dama ou pajem) entram ao som de uma música escolhida especialmente para eles e a porta da igreja se fecha. O pajem (ou uma das daminhas) carrega as alianças numa almofada. Só quando os acompanhantes estiverem no altar, será tocada a marcha nupcial ou uma outra música e as portas se abrirão novamente para a grande entrada da noiva. Vale lembrar que as daminhas e os pajens também podem acompanhar a noiva.

Um dos momentos de grande emoção no casamento católico é a entrada da noiva na igreja. Ela é conduzida por seu pai, que ficará do seu lado esquerdo. Na ausência dele, poderá ser o avô, irmão, tio ou alguém bem próximo da família. Os convidados se levantam para vê-la, assim como também na sua saída.

Ao chegar ao altar, o noivo cumprimenta seu futuro sogro com um aperto de mãos, beija a noiva levemente no rosto e lhe dá seu braço esquerdo.

Se estiver usando luvas, a noiva retira-as ao chegar ao altar e entrega-as, juntamente com o buquê, para a madrinha.

A cerimônia é celebrada pelo padre e pode ser com missa ou não, sendo opcional aos noivos receber a comunhão. Durante a celebração, os noivos se postam de pé em frente ao sacerdote que conduzirá o sacramento. As citações bíblicas fazem menção à criação do homem (Gênesis.1,27) e são lembradas passagens do Evangelho sobre a união entre homem e mulher instituída por Deus (Mt. 19,3-9).

A daminha é chamada para trazer as alianças que serão abençoadas. A aliança é colocada na mão esquerda juntamente com a promessa de fidelidade, ajuda mútua, na alegria e na tristeza, e, também, na saúde e na doença.

Após a troca de alianças, há a bênção de todos sobre os noivos.

Depois que o padre os declara marido e mulher perante as leis de Deus, os noivos se beijam e cumprimentam os pais e padrinhos. O noivo começa pelos pais da noiva e segue em direção aos padrinhos, enquanto a noiva faz o mesmo com a família do noivo. Cruzam-se ao fundo do altar e começam cumprimentar a própria família no sentido dos padrinhos para os pais.

Terminado os cumprimentos, a noiva pega o buquê, se dirige ao centro do altar onde se encontra com o noivo e se prepara para a saída da igreja. O noivo dá o braço à noiva, iniciando assim a saída, seguida pelas damas e pajens e, depois, pelos pais e padrinhos.

Pela primeira vez o casal se abraça não mais como noivos, mas como marido e mulher. Bonito, não?

Na semana que vem vou comentar o casamento judaico.


Até lá e boa semana


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar