Olá, Noiva!

Tão importantes quanto os detalhes da cerimônia, os exames que precedem o casamento são uma garantia para os noivos, pois são por meio deles que se diagnosticam doenças, tratáveis ou não, que possam interferir na vida sexual ou em futuras gestações.

Estes exames também são uma forma de prevenir, por meio de vacinas, doenças de maior risco para as gestantes, como a Rubéola.

Para a realização do exame pré-nupcial são consultados dois especialistas: um Clínico Geral e um Ginecologista, para as mulheres e, no caso dos homens, um Clínico Geral e um Urologista.

Para ambos, o exame clínico deve averiguar a pressão arterial, a ausculta cardíaca e pulmonar, a palpação da tireóide e do abdome e a inspeção de alterações vasculares ou dermatológicas. Caso seja constatada alguma alteração, o médico faz o encaminhamento para o especialista adequado.

Para a mulher, os exames pré-nupciais rotineiros são: o papanicolau, o hemograma completo, a tipagem sangüínea, as reações sorológicas para a sífilis, a sorologia para rubéola, a hepatite B e C, HIV e o exame de sedimento urinário.

Para os homens, os exames são: o hemograma, o de sedimento urinário, o de fezes, as sorologias para sífilis, hepatites e HIV, tipagem sangüínea e o espermograma, para conhecer suas condições de fertilidade.

É recomendável que antes de se submeter ao check-up, o casal tenha uma conversa franca sobre suas possíveis enfermidades. Caso seja diagnosticada uma doença mais séria, esta simples conversa torna-se fundamental, pois, além de aumentar a confiança que um tem no outro, ela é primeiro passo para que, juntos, contornem o problema.

Esta simples precaução garante a saúde do casal e de seus futuros filhos, além de ser um bom começo para um casamento com qualidade de vida. Pense nisso!

Beijos e Boa Semana!


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar