O Pai da Noiva - EUA 1991. Dirigido por: Charles Shyer. Com: Steve Martin, Diane Keaton, Kimberly Williams, Kieran Culkin, George Newbern, Martin Short. Duração: 211 min. Steve Martin interpreta o pai de uma jovem que volta de viagem com uma surpresa na bagagem: um noivo. Decididos a se casar em pouco tempo, o pai terá que arcar com todas as despesas e

dores de cabeça que os preparativos de um casamento trazem. O filme fez tanto sucesso que mereceu uma continuação: O Pai da Noiva 2. Nesta primeira seqüência, preste atenção no nervosismo do pai da noiva. Se isto estiver acontecendo com você, tente ficar calma e contornar a situação conversando muito e mantendo o bom-humor.

Há também um assessor de casamento que diz a seguinte frase para o pai da noiva: Para esta festa, quatro manobristas será ideal, três fica razoável e dois é inadmissível. O pai da noiva não escuta a dica do experiente profissional e passa a noite toda estacionando os carros dos convidados. Se vale o conselho, escute aqueles que entendem do assunto.

O Casamento do Meu Melhor Amigo - EUA 1997. Dirigido por: P. J. Hogan. Com: Julia Roberts, Dermot Mulroney, Cameron Diaz, Rupert Everett. Duração: 105 min.  Eles são os melhores amigos e têm um acordo: se até os 28 anos eles não encontrarem a pessoa certa para casar, eles se casam para não ficarem sozinhos. Mas, o jogo muda e Michael avisa Julianne-Julia Roberts que vai se casar com Kimmy-Cameron Diaz. Julie, então, descobre que é apaixonada por seu melhor amigo e faz de tudo para impedir o casamento. Para isto, ela conta com ajuda especial de um amigo gay engraçadíssimo. No filme, Kimmy é uma patricinha  e Michael um locutor esportivo que viaja muito. Julianne aproveita o fato de os dois pertencerem a mundos diferentes para tentar acabar com o romance, mas o casal supera as intrigas e fica junto no final. Se, realmente, houver amor, qualquer obstáculo é vencido.

Noiva em Fuga - EUA 1999.  Dirigido por: Garry Marshall. Com: Julia Roberts, Richard Gere, Joan Cusack e Hector Elizondo. Duração: 116 min. Julia Roberts interpreta uma mulher que abandona noivos no altar. Ike Graham-Richard Gere é um jornalista de Nova York. Em busca de uma boa idéia para sua coluna, ele publica a história de Maggie Carpenter -Julia Robets, moça que já deixou três noivos na beira do altar. Indignada com a coluna, ela exige retratação e provoca a demissão do colunista. Como Maggie está prestes a caminhar até o altar novamente, o recém-desocupado decide ir até a cidade da moça para conferir se a fama de destruidora de casamentos é verdadeira. Depois de alguns desentendimentos, os dois se apaixonam. Maggie sempre fugia dos seus casamentos porque na hora de dizer sim ela não tinha certeza se realmente era o que queria. Então, só se case se você tiver certeza absoluta de seus sentimentos.

O Casamento Grego - EUA 2002. - Dirigido por: Joel Zwick. Com: Nia Vardalos, Gia Carides, John Corbett, Joey Fatone, Ian Gómez. Duração: 95 min.  Uma comédia deliciosa sobre as diferenças culturais entre as famílias dos noivos. Toula Portokalos-Nia Vardalos é a filha do meio de uma família grega numerosa. Aos 30 anos e solteira, ela é considerada caso perdido. Descontente com sua vida, a moça resolve mudar. Mesmo contra a vontade de seu pai machista, matricula-se num curso de computação e dá um trato no visual. Depois, ainda consegue sair do restaurante da família, onde era garçonete, para trabalhar na agência de turismo de uma tia. No novo emprego, Toula conhece Ian Miller John Corbett, um não-grego por quem se apaixona. Os dois começam um namoro conturbado, já que a família dela não aceita que a balzaquiana namore um estrangeiro. Quando os dois resolvem se casar, a notícia cai como uma bomba na família Portokalos, mesmo assim, o casamento é levado adiante. Quando os noivos são de religiões diferentes ou se as famílias têm costumes diferentes é preciso saber conciliar todas estas divergências para que nada atrapalhe seu grande dia.

O Filho da Noiva - ARG 2001. Dirigido por: Juan José Campanella. Com: Ricardo Darín, Héctor Alterio, Norma Aleandro, Eduardo Blanco, Natalía. Duração: 123 min. Este filme é para chorar. O drama conta, com pitadas de humor, a história de Rafael, um quarentão que herdou o restaurante dos pais, agora idosos. Sua mãe está nos estágios intermediários do mal de Alzheimer, morando em um asilo. Seu pai, tomado pela solidão, agora que está numa casa vazia sem sua mulher, e ciente que ela está com os dias contados, resolve realizar um de seus sonhos: casar com cerimônia na Igreja. Sebastian o filho quarentão resiste à idéia, dado o estado da mãe e pelo custo que pesaria no seu bolso. Mas, no desenrolar da história, o filho passa por diversas situações que o fazem mudar de idéia. Os sonhos não têm idade. Se seu sonho é se casar de noiva, case-se independentemente da idade que você tenha.

O Casamento dos Meus Sonhos - EUA 2001. Dirigido por: Adam Shankman. Com: Jennifer Lopez, Matthew McConaughey, Justin Chambers, Bridgette Wilson, Huntley Ritter Duração: 100 min. Mary Fiore-Jennifer Lopez, é uma assessora de casamentos que sabe tudo que é possível se saber sobre casamentos e que, embora tenha controle sobre sua vida profissional, vive perdida quando o assunto é sua vida pessoal. Um acidente inesperado envolvendo sapatos a leva a cair nos braços de Steve-Matthew McConaughey, um pediatra que esbanja charme. No dia seguinte, ela acorda perdidamente apaixonada, mas precisa preparar uma importante cerimônia. Ao chegar no escritório, descobre que seu príncipe encantado é o noivo do tal casamento. Bem, não posso contar o final desta história... O interessante deste filme são os bastidores dos preparativos de um casamento de sonhos.

 


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar